Conheça os Principais Tipos de Fábula

Conheça os Principais Tipos de Fábula

Você sabia que a fábula é um dos gêneros mais conhecidos no Brasil? As fábulas são narrativas incríveis que nos inspiram e nos ensinam como devemos nos comportar em determinadas situações. Geralmente, são protagonizadas por animais inteligentes que se utilizam de uma linguagem simples e fácil compreensão. Mas, afinal, você sabe quais são os tipos de fábulas que existem?  Nesta publicação, vamos apresentar os Principais Tipos de fábula e um exemplo de cada uma delas.

 

FÁBULAS DE ANIMAIS

São as mais usuais e estabelecem relações entre os animais e as pessoas, entretanto, os personagens principais da história são exclusivamente animais. A maioria dos personagens apresentam características humanas e seus enredos mostram situações corriqueiras vivenciadas pelos seres humanos. A maioria das fábulas de animais que conhecemos hoje foram escritas pelo grego Esopo.

Exemplo de Fábula de animais:

O cão e o osso

Principais Tipos de Fábulas

Um cachorro havia ganhado um grande osso e caminhava contente. Ao chegar perto de um lago, viu refletida na água a sua imagem. Achando que a imagem era outro cão, o animal cobiçou o osso que viu e, num ímpeto de abocanhar-lhe, abriu a boca e deixou seu próprio osso cair no lago. Por isso, ficou sem osso nenhum.

Moral: Quem tudo quer, acaba ficando sem nada.

 

FÁBULAS MITOLÓGICAS

Nesses tipos de fábulas são apresentados personagens principais como sendo divindades, isto é, deuses poderosos que ensinam com sua sabedoria, ou eles mesmos aprendem algo com os outros, sejam eles humanos, animais ou outros deuses.

Exemplo de Fábula Mitológica:

O Sol e o Vento

Principais Tipos de Fábulas

Certo dia, o sol e o vento disputavam entre si quem era o mais forte capaz de fazer que os outros se curvassem ao seu poder. Ao avistarem um viajante que caminhava numa estrada resolveram usá-lo para a prova. Aquele que conseguisse obrigar o viajante a tirar o casaco seria o mais forte. O Sol se escondeu entre as nuvens e o vento começou a soprar com toda a força. Quanto mais soprava, mais o homem ajustava o casaco ao corpo. Não conseguindo, o vento retirou-se. O sol saiu despontou entre as nuvens e brilhou com todo o seu esplendor sobre o homem, que logo sentiu calor e despiu o paletó.

Moral: O amor constrói, a violência arruína!

 

FÁBULAS DO REINO VEGETAL

Nessas fábulas do reino vegetal os protagonistas são as plantas e, tal como acontece com os animais, também recebem traços mais característicos do ser humano.

Exemplo de Fábula do reino Vegetal:

As árvores e o machado

Principais Tipos de Fábulas

Era uma vez um homem que foi à floresta e pediu às árvores, para que estas lhe doassem um cabo para o seu machado novo. Então, o conselho das árvores, após uma longa reunião concorda com pedido do homem e lhe ofertam uma jovem árvore para este fim, pensando que assim ficariam livres do homem.

Porém, logo que ele termina de colocar o novo cabo no machado, ele começa a usá-lo para derrubar todas as outras árvores da floresta, e em pouco tempo, já havia derrubado das menores às maiores e mais nobres árvores daquela floresta.

Um velho Carvalho, observando a destruição à sua volta, comenta desolado com um Cedro seu vizinho:

_ O primeiro passo significou a perdição de todos nós. Se tivéssemos respeitado os direitos daquela jovem árvore, também teríamos preservado os nossos, e poderíamos ficar de pé ainda por muitos anos.

Moral: Quem menospreza seu semelhante, não deve se surpreender se um dia lhe fizerem a mesma coisa.

 

FÁBULAS HUMANAS

Nessas fábulas, os humanos são as personagens principais da história e são eles próprios que contam o que aconteceu. Nesse tipo de fábula, os humanos interagem com outros humanos, animais, divindades ou seres inertes.

Exemplo de Fábula Humana

A gansa dos ovos de ouro

Um homem e sua mulher tinha a sorte de possuir uma gansa que todo o dia punha um ovo de ouro. Mesmo com toda essa sorte, eles achavam que estavam enriquecendo muito devagar, que assim não dava. Imaginando que a gansa devia ser de ouro por dentro, resolveram matá-la e pegar aquela fortuna toda de uma vez. Só que, quando abriram a barriga da gansa, viram que por dentro ela era igualzinha a todas as outras. Foi assim que os dois não ficaram ricos de uma vez só, como tinham imaginado, nem puderam continuar recebendo o ovo de ouro que todos os dias aumentava um pouquinho sua fortuna.

Moral: Não tente forçar demais a sorte.

 

FÁBULAS DE COISAS INERTES

São fábulas que apresentam objetos ou coisas como personagens principais na narrativa. Semelhante às fábulas de animais, elas costumam apresentar através de seres inanimados, geralmente objetos, comportamentos humanos.

Exemplo de Fábula de coisas inerte:

A Lamparina

Uma lamparina cheia de óleo gabava-se de ter um brilho superior ao do Sol. Um assobio, uma rajada de vento e ela apagou-se. Acenderam-na de novo e lhe disseram:

– Ilumina e cala-te. O brilho dos astros não conhece o eclipse.

Moral: o brilho das glórias não deve te encher de orgulho. Tudo o que se tem, pode se perder.

 

 

Gostaria de conhecer 10 fábulas curtas para ler em sala de aula? Clique aqui

Compartilhar:

Comente o que achou:

Respostas de 3

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

pesquisar

Em destaque

  • All Post
  • Atividades
  • Recurso Pedagógico
  • Simulados
  • Simulados de Português para 1° ano do fundamental
  • Simulados de Português para 2° e 3° ano do fundamental
  • Simulados de Português para 4° e 5° ano
  • Simulados de Português para 6° e 7° ano
  • Simulados de Português para Ensino Médio
Edit Template

Sobre Nós

Fruto da experiência dos criadores do site Tudo Sala de Aula, oferecemos uma grande variedade de recursos para pais e professores, desde atividades e sequências didáticas até sugestões de aulas criativas e simulados.

Todos os Direitos Reservados a:

Educação Tudo Sala de Aula – LTDA

CNPJ: 43.911.949/0001-56

contato@tudoportugues.com